• behance
  • facebook
  • google
  • linkedin
  • pinterest
  • twitter
  • youtube
  • rss
Landing Pages: O ponto chave da estratégia de Inbound

Landing Pages: O ponto chave da estratégia de Inbound


Depois de realizar todo o trabalho para garantir novas visitas para o website, o próximo passo é converter esses utilizadores em potenciais clientes do seu negócio. Qual a melhor maneira para o fazer? Adopte Landing Pages na sua estratégia.

As Landing Pages são o primeiro ponto de contacto com o seu website. Neste artigo, pretendemos apresentar os diferentes tipos de Landing Pages e objetivos, assim como explicar como deve integrar os elementos básicos destas páginas, para além de algumas dicas a ter em conta na construção de Landing Pages.

 

O que são?

Landing Pages são páginas de entrada dos visitantes num website. Antigamente as homepages eram a página principal de entrada num website, mas atualmente com o crescimento de novas técnicas de marketing digital, como o Inbound Marketing, é importante a inclusão de Landing Pages. Aliás, atualmente as Landing Pages registam maior número de acessos de utilizadores do que as próprias homepages, o que demonstra a sua importância.

Este tipo de páginas, geralmente está ligado a campanhas de marketing noutras plataformas online, como banners e anúncios em motores de busca, para converter novos clientes. Cada Landing Page está ligada a uma campanha específica. Aliás, segundo o site MarketingSherpa.com, 48% dos marketers constroem novas Landing Pages por cada campanha de marketing que realizam.

Essencialmente, Landing Pages são as páginas para as quais os utilizadores são direcionados após clicarem em determinado anúncio presente na internet. São mais simples do que uma homepage e o seu objetivo é que os visitantes cliquem em determinado Call to Action ou que preencham um formulário de informações pessoais, daí terem uma estrutura muito simples.

 

Quais os objetivos?

A aposta neste tipo de páginas, ao invés de homepages como página de destino após o clique num anúncio, é justificada com o facto de uma Landing Page ser mais específica do que uma homepage. Uma homepage é a página central de um website, onde encontramos ligações para qualquer uma das páginas do website. Nestas páginas não vai conseguir prender a atenção dos utilizadores, pois ele tem acesso a muita informação diferente e a múltiplas ligações para diferentes páginas.

Através de uma Landing Page, consegue criar uma estrutura simples apenas com o objetivo de levar o utilizador a realizar determinada ação. Quantos mais cliques para chegar a um determinado conteúdo, maior a probabilidade dos visitantes desistirem de aceder., logo as Landing Pages são a melhor opção para obtenção de informações pessoais, compra de produtos ou pedidos de contacto, como podemos ver de seguida.

Lead Generation Landing Page

Este estilo de Landing Page pode ser uma maneira muito inteligente para agarrar os potenciais clientes. A intenção destas páginas é reunir dados de potenciais clientes, pedindo-lhes para adicionar informações de contato num formulário para que possam ser integrados em listas de contactos e sejam contactados para venda de produtos/serviços. Normalmente os utilizadores preenchem o formulário para receberem algum tipo de oferta como um e-book ou um webinar gratuito e dessa forma cedem os seus dados sem qualquer tipo de problema.

Click Through Landing Page

Páginas onde são apresentadas informações sobre os produtos/serviços – características, vantagens, etc – e contêm um call to action que direciona o utilizador para uma página onde pode comprar esse produto, ou onde pode contactar a empresa para solicitar um orçamento sobre aquele serviço. Estas páginas são caracterizadas por serem bastante minimalistas e com um único botão, que é o CTA que direciona para a compra do produto ou contacto com a empresa.

Infomercial Landing Page

O design deste tipo de Landing Pages é bastante diferente dos que apresentamos anteriormente. É uma página que apresenta grandes quantidades de texto associados a determinado produto. São páginas longas e cujo objetivo é que os utilizadores leiam a página até ao fim, local onde se encontra o CTA. O objetivo destas páginas é apresentar informação sobre os produtos, nomeadamente as vantagens dos mesmos, testemunho de clientes e outras informações que sejam importantes para persuadir os utilizadores a realizar uma compra.

 

Quais os principais elementos?

No desenvolvimento deste tipo de páginas, é importante ter em conta certos elementos que serão importantes para incentivar os visitantes para o objetivo da mesma. De seguida vamos falar sobre 4 elementos que deve ter em conta na construção de Landing Pages.

Formulário

Quando falamos sobre as Lead Generation Landing Pages, vimos que o principal objetivo é obter informações sobre os visitantes. Essas informações são obtidas através do preenchimento de um formulário.

Nem sempre os utilizadores estão dispostos a preencher formulários com muitos campos e bastantes compridos. Deve adaptar o formulário da sua Landing Page ao tipo de utilizador para o qual é orientada a sua página. Se a sua página está direcionada a novos visitantes do website, deve aplicar um formulário que tenha apenas o campo para preenchimento do nome e email. Caso a Landing Page seja direcionada para contactos que já constam da sua Base de Dados e sobre os quais quer saber mais informações, o formulário deverá ser mais completo.

Neste caso, deve solicitar dados como nome da empresa, localização, site e telefone. Não se esqueça que as pessoas só vão preencher um formulário se retirarem valor desse facto. Faça ofertas de diferentes materiais como E-books e Webinares grátis para quem preencher os formulários.

Adeque as ofertas à complexidade dos formulários. Se optar por um formulário simples, a sua oferta também deverá ser simples. Caso opte por um formulário mais completo, a sua oferta já terá de ser mais apelativa para conseguir que os utilizadores se sintam motivados a ceder mais informações.

 

Call to Action

Este é o elemento principal da sua Landing Page. Porquê? Porque toda a sua estratégia é orientada para o clique neste botão. Não lhe servirá de nada, se os utilizadores preencherem um formulário e não submeterem os dados através do clique no CTA, ou lerem toda a informação que disponibiliza na página sobre determinado produto e no final não realizarem a compra.

Certifique-se que o CTA esteja visível. Ajuste o tamanho, a cor, a forma e texto do botão para que seja atrativo. Botões grandes e com alto contraste em relação à restante página chamam à atenção do visitante e incentivam-no a clicar.

A posição onde coloca o botão também é importante para que este seja visível. Evite colocá-lo perto dos cantos da página, se possível coloque-o numa posição central. Outro aspeto a ter em conta é a mensagem que acompanha o CTA. Esta deve estar de acordo com a restante mensagem da página, mas neste caso deve ser curta e chamativa.

Quando o utilizador acede à Landing Page, deve reparar em primeiro lugar no Call to Action. Se isto acontecer, o CTA da sua Landing Page está a ter o devido destaque.

 

Textos

Os textos que irá colocar na sua Landing Page dependem do tipo de página que necessita para completar a sua estratégia de Inbound Marketing. No entanto, o título e descrição da página são conteúdos indispensáveis em qualquer página, para que o visitante perceba o objetivo da mesma.

Ninguém irá ler textos muito grandes na sua Landing Page. Precisa de criar títulos e descrições curtas e chamativas para prender a atenção do utilizador num curto espaço de tempo.

Como a sua Landing Page integra a estratégia de Inbound Marketing e é acedida na sequência do clique num anúncio, a mensagem da página deve estar de acordo com o anúncio que promove a Landing Page. O Título da página e do anúncio devem ser iguais.

Inclua testemunhos de clientes e utilizadores que mostrem a qualidade do seu site e do seu negócio. As pessoas irão sentir mais segurança a realizar determinada ação no seu site se tiverem acesso à opinião/experiência de outras pessoas que já o fizeram.

 

Design e Estrutura

Inclua sempre imagens ou vídeos que sejam atrativos, mas ao mesmo tempo relacionados com a oferta presente na página. Pode mostrar o que o visitante vai ganhar ao preencher um formulário ou ao comprar um produto. Desta forma ele sente-se mais seguro ao fazê-lo, pois visualiza mais facilmente a proposta de valor.

Há estudos que afirmam que os vídeos podem ajudar a aumentar as conversões de novas leads em 80%. No entanto, estes não devem ser muito longos, para não dispersar a atenção do utilizador do Call to Action presente na página.

Tal como acontece com os textos presentes na página, também o design deve estar de acordo com o anúncio para mostrar coerência na mensagem. Se o anúncio tiver alguma imagem a acompanhá-lo, esta deve estar também presente na Landing Page.

Relativamente à estrutura, foque-se no objetivo da página e reduza ao máximo o número de distrações. Poderá incluir algum acesso para o website mas deverá evitá-lo ao máximo. Se por qualquer motivo tiver que adicionar alguma ligação para o site, esta não poderá ser mais atrativa do que o restante conteúdo da landing page.

Ao criar a estrutura da página, deverá colocar toda a informação importante visível na primeira página, ou seja, que não seja necessário fazer scroll para ver mais informações.

 

Algumas dicas

Deixamos para o final algumas dicas importantes sobre este tipo específico de páginas. Tão importante como incluir os elementos de que falamos anteriormente, é conjugá-los de forma a que a Landing Page seja atrativa e funcional.

Use números e estatísticas nos seus conteúdos.

Os números são um bom auxílio para o ajudar a convencer os seus visitantes a clicar num CTA. Demonstre através de números e estatísticas a vantagem dos seus produtos ou das suas ofertas, para garantir mais fiabilidade à sua página.

Inclua informações de contacto na página.

Como é que os utilizadores sabem se determinada Landing Page é confiável, se não têm informações sobre os responsáveis pela mesma? Indique sempre os seus contactos telefónicos e de email, para além da morada da sua empresa para que os visitantes o possam contactar.

Teste diferentes conteúdos e diferentes organizações da landing page.

Apenas 50% das empresas testam as suas Landing Pages, mas deve sempre testar diferentes combinações dos elementos da página, para perceber qual a que trará melhores resultados.

Não inclua as Landing pages no menu do site. 

Elas servem apenas como porta de entrada para segmentos específicos. Deixe apenas as páginas acessíveis através das campanhas que realiza noutras plataformas, para garantir que os visitantes das mesmas são as pessoas certas para cada página.

Remova o menu de navegação.

Se o seu objetivo ao construir uma Landing Page é converter visitantes em novas Leads ou Clientes, deve orientar a página para o Call to Action definido. Não faz sentido incluir o menu de navegação, para não correr o risco dos visitantes passarem para outra página sem clicarem no CTA. Lembre-se de que deve reduzir ao máximo as distrações nas Landing Pages.

Faça follow up às leads geradas na Landing Page. 

O seu trabalho de conversão não termina com a construção de uma Landing Page. Depois de garantir novas leads ou novos clientes, deve fazer follow-up a esses utilizadores de modo a mantê-los interessados no seu negócio.

Se estiver interessado em construir este tipo de páginas para melhorar os resultados da sua estratégia de Inbound Marketing, não hesite em contactar-nos. Estaremos ao seu dispor para esclarecer qualquer tipo de dúvida.

Social Media Planner na Oakreative. As Redes Sociais são as suas melhores amigas! Ele combina a sua experiencia de criador e gestor das Redes sociais da AIESEC, ao Curso de Marketing do ISCA (Instituto Superior de Contabilidade e Administração da Universidade de Aveiro), tornando-o uma mais-valia para todos os projetos que envolvam social media. Com um esprito competitivo, o João gosta de novos desafios e projetos que o façam crescer profissionalmente.